top of page

Exposição da Japan House demonstra a inclusão no esporte aos participantes

O grupo visitou o museu e conheceram de perto como são produzidas as próteses dos atletas paralímpicos


Participantes e monitores no museu

O Grupo Chaverim conheceu de perto como é realizada a produção de próteses para os atletas paralímpicos. Eles visitaram a exposição Tecnologia em Movimento por Xiborg, na Japan House, museu situado na Avenida Paulista.


Combinando os temas de esporte e tecnologia, a exposição da Japan House São Paulo apresenta iniciativas japonesas para a diversidade e inclusão por meio do trabalho de Ken Endo, engenheiro japonês que desenvolve tecnologia de ponta na área de próteses para corrida.


Além de verem de perto exemplares, a cronologia de desenvolvimento e vídeos, eles também tiveram a experiência de ver como a prótese funciona pela experimentação de uma delas pela monitora Nina Ramos, proporcionando um momento divertido e informativo.


Eu achei a exposição bem bacana e muito legal. Nunca tinha visto uma prótese antes.

Marianne Fuerte, participante do Grupo Chaverim.


Keise Tiffany

Comunicação e Divulgação

31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page