top of page

Festa de pré Rosh Hashaná

Atualizado: 10 de out. de 2023

O Ano Novo Judaico, conhecido como Rosh Hashaná (cabeça do ano), é o primeiro dos dez Dias de Arrependimento no calendário judaico. É uma das festas mais significativas, marcando o início do ano. Essa é uma data de compartilhamento de refeições festivas e pratos tradicionais, como maçã com mel, que simboliza a doçura e a esperança de um ano novo melhor.


(Foto dos participantes do grupo Chaverim junto a familiares, madrichim, voluntários e colaboradores em frente ao galho que enfeitaram com maçãs de papel)


No domingo, 03 de setembro, o Grupo realizou, com o apoio da Hebraica de São Paulo, o evento de celebração do Pré Rosh Hashaná! O evento foi um sucesso, contando com mais de 100 pessoas, entre elas participantes, familiares, gestores da organização, madrichim (monitores) e até mesmo o programa de televisão Shalom Brasil.

(Foto da festa de Pré Rosh Hashaná, com varias pessoas sentadas ao redor de mesas redondas)


“Olha, realmente é gratificante, é uma festa que nós conseguimos fazer todo ano e existe uma possibilidade de sempre ir aumentando. E esse ano também, já tivemos mais participantes! As pessoas estão cada vez se engajando mais e o Chaverim está se projetando, está sendo conhecido e é isso que nos interessa, é isso que nós queremos, que o Chaverim cada vez venha a ter mais participação dentro da sociedade”,

afirmou o presidente da organização, Jacques Cohen.


O evento foi iniciado com uma breve introdução feita por ele mesmo, seguida de uma dinâmica com o tema leis e costumes de Rosh Hashaná, onde participantes e familiares participaram em conjunto, tentando acertar as respostas, para ganhar maçãs de papel, que posteriormente foram decoradas e penduradas em um galho, representando uma árvore cheia dos desejos de todos para um novo ano bom e doce.


Para a Comunicadora da organização, Muriel Klar Benhaim,

(Foto de Leonel Becker com um cartão vermelho na mão para

a atividade sobre leis e costumes)

“Esse é um período de introspecção, arrependimento e renovação espiritual, onde buscamos nos reconciliar com os outros e com Deus, refletindo sobre nossas ações do ano passado e definindo metas para o próximo ano.”

Quando questionada sobre o que escreveu em sua maçã, ela disse:

“Desejo por um ano doce para todos nós, com mais inclusão e equidade!”

(Foto dos participantes da celebração colocando suas maçãs de papel decoradas no galho)


A celebração também contou com as rezas da data festiva, todas realizadas pelos participantes, ao som do violão ao vivo. Foram feitas rezas para maçã com mel, cabeça de peixe, romã e muito mais! Além disso, os participantes tiveram a oportunidade de ouvir o shofar tocado pelo Rabino Levi Yitschac Rabinowicz que comentou:

(Foto das voluntárias Adriana Sarue Beinisch e Peggy Gityn Migdal com os participantes Alexandre Moghrabi e Joice Helizskowski realizando uma das rezas do dia)


“O Chaverim em si já é um projeto maravilhoso de ajudar todo mundo a abraçar o judaísmo e dessa vez eu quis trazer esse "pequeno" shofar, que, na verdade, posso falar que tem o tamanho do coração de quem se dedica ao projeto. Então é uma alegria muito grande ainda nesse ano de ter uma reunião, estar todo mundo junto, poder festejar e garantir saúde e brachá (benção) para o ano que vem”

(Foto do Rabino Levi Yitschac Rabinowicz segurando um shofar na mão direita e um microfone na esquerda)


Como toda celebração, nessa também não podia faltar muita música e dança, no caso as harkadot (danças israelitas em roda), onde novamente os familiares puderam participar juntamente aos participantes, de forma que toda a família pudesse festejar a vinda desse novo ano com muito amor e alegria. A participante Laís Taieb adorou a festa, as danças e a música:


“Eu trouxe a minha família para festejar comigo, a minha mãe e a minha tia que veio de israel, e tá sendo ótimo, porque eu gosto de ouvir música israelense e eu gosto da cultura judaica”



(Foto da participante Lais Taieb dando entrevista para a repórter e cameraman do Shalom Brasil)


Para finalizar a ocasião festiva e o evento, foi aberto o buffet, que contou com diversos sanduíches de berinjela, atum, tomate, queijo, etc, além de sobremesas como salada de frutas e bolo de mel. Todo mundo gostou, tanto da festa quanto da comida, e o convidado especial, conselheiro da organização e defensor público André Naves não foi exceção:

“Eu sou um entusiasta do grupo Chaverim! Eu acho que aqui é um lugar para fazer amigos realmente e no grupo Chaverim é isso”.

(Foto dos participantes Eduardo Rappaport e Vicki Tuchmajer segurando, cada um, um peixe de pelúcia)


51 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page