top of page

Oficina de Artes encerra atividades e expõe os trabalhos em exposição na Hebraica

As atividades da oficina foram finalizadas em setembro e obras finais ficarão expostas até dia 04/12 na Galeria de Artes com entrada livre.


Participante Allan fazendo sua pintura

A Oficina de Artes encerrou em setembro as atividades da primeira parte do projeto conjunto entre o Chaverim e ProMoa.


As artes criadas pelos participantes foram finalizadas e transformadas em produtos diversos como quadros, canecas, quebra-cabeças, cadernos, cartões postais e porta copos e jarros.


O projeto terá duração de 4 anos sendo realizado por diversos voluntários que se alternarão a cada três meses de aprendizagem. Após a finalização de cada etapa, é realizada uma exposição das obras finais.


A exposição ACCEDERE | Suporte e Superfície - POESIS Chaverim, estreou no dia 01/10 na Galeria de Artes e ficará aberto ao público até dia 04/12. Em breve mais informações sobre a abertura da exposição e produtos.


O Daniel sempre gostou de pintar. Na verdade ele é um colorista. Ele cria as pinturas a partir da maneira como usa as cores.
Creio que a Oficina de Pintura dará a ele um norte de como encontrar o caminho para o desenvolvimento do que ele tanto gosta de fazer. Creio que o fator mais importante é com relação à autoestima dos chanichim (participantes), que obviamente, se sentirão valorizados ao participarem do mundo das artes.
Além disso, é importante aprender a ter responsabilidade, a ter organização, a ter comprometimento e a saber que tudo isso o levará a ter uma profissão da qual poderá ter o seu sustento e sucesso.
Telma Cohen, mãe do artista Daniel.

Eu adorei a oficina de Artes! Eu evolui, eu me aprofundei, eu me descobri, eu amo mexer com tinta, eu gosto de criatividade e tive a oportunidade de ter meu quadro exposto. Espero que tenham mais novidade boas por aí. Eu me apaixonei!
Dora Mucinic, artista e participante do Chaverim.

O projeto Poiesis, Oficinas Expositivas em parceria da Galeria de Arte "A Hebraica"/Chaverim/ProMOa tem um programa estruturado para quatro anos (022/023/024/025) de atuação com diversas oficinas que discutem Suporte e Superfície, preparadas para darem acesso aos participantes ao universo autônomo e profissional no campo das Artes Visuais.
Todas as oficinas terminam com Atos Expositivos/Objetos Arte, apoio museológico, publicações, irradiações (coleções de: gravuras, cartões postais, canecas, marcadores de livros, etc).
A oficina do ano 2022, foi sobre construções de Matrizes e Reprodutibilidade, e foi ministrada pela artista plástica Lúcia Py. Os participantes desenvolveram uma narrativa plástica autoral trabalhada em duas pequenas matrizes, canvas de15/15cm.
A narrativa se dava a partir do conceito de escolha: Escolher duas cores (preferidas) que deveriam ser as protagonistas e no máximo três que seriam colocadas como coadjuvantes.
O desafio foi aceitar que as mesmas cores, nas mesmas matrizes fossem sobrepostas com os diversos materiais; tinta acrílica, giz pastel, tinta guache, massa plástica e colagem, que deveriam conviver em harmonia cromática. O grande cuidado era não deixar uma camada anular a outra.
Este cuidado deu um comprometimento com a construção de um fazer e uma conduta mais atenta ao processo da construção artística. O resultado da oficina está até o começo de dezembro em exposição na Galeria A Hebraica.
Lúcia Py, artista que conduziu a oficina.

Se tiver interesse em adquirir algum produto exclusivo, entre em contato em nosso WhatsApp que logo divulgaremos um catálogo com todos os produtos para sua escolha.



Keise Tiffany

Comunicação e Divulgação

35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page