top of page

Oficina de ilustrações com andré naves

Nos dias 05 e 06 de agosto, o Grupo Chaverim se encontrou com o Defensor Público e conselheiro da organização, André Naves, com o objetivo de conhecer mais sobre a sua história, conversar com ele sobre o seu novo livro e produzir ilustrações para o mesmo.



(Foto dos participantes e madrichim sentados de costas para a câmera; todos estão olhando para o André Naves, que está falando. No canto direito ao fundo da sala, um telão com os participantes do Zoom)

"A oficina das ilustrações foi fantástica",

disse o próprio Andre Naves.

"No primeiro dia, os chanichim me fizeram perguntas, muitas perguntas! E no dia seguinte, por meio de diversas técnicas, colagem, pintura, desenho, eles realizaram essa ilustrações, baseadas em algumas temáticas específicas e também nas perguntas que eles fizeram".

(Foto de André Naves e esposa com participante do Chaverim, segurando a ilustração que fez)

A atividade foi muito animada e integrada, contando com uma conversa repleta de assuntos importantes como inclusão, justiça, amizade e superação. O debate levou a construção de ilustrações com as temáticas família, caminhos, tezedaká (caridade), solidariedade, o que é o próprio Chaverim, entre outras. A participante Chaja (Halina) Krybus adorou a proposta da atividade e também o próprio André,

"Eu achei formidável! Eu gostei dele, olha, ele é o máximo."

(Foto dos participantes e madrichim sentados em volta de uma mesa redonda com materiais de artes no meio da mesa)

O novo livro do André Naves, entitulado "Caminho: A Beleza é Enxergar" iniciou as vendas no dia 24 de agosto e está disponível no site da Amazon. O livro fala sobre a tratejória do autor para chegar onde chegou, seus passos, suas dificuldades superadas e seus aprendizados, girando em torno de assuntos com Disciplina, perseverança e alteridade. Todos os recursos arrecadados nas vendas serão destinados a instituições promotoras da inclusão social.

(Foto dos participantes e madrichim sentados em volta de uma mesa retangular, cada um com a sua pintura; tintas e pincéis se encontram na mesa)

"A confecção das ilustrações e a participação no livro traz protagonismo para os nossos participantes, além de dar mais visibilidade ao Chaverim",

comentou Camila Bigio Grynszpan, a coordenadora técnica do Grupo. Essa foi uma oportunidade única para o Chaverim, pois possibilita a organização a alcançar mais pessoas, além de estimular os participantes que já estão no grupo a continuarem.


(Ilustrações confeccionadas sobre superfície de madeira)

"Eu acho excelente ele estar ajudando o Chaverim"

foi o que a Halina respondeu quando questionada sobre o que achou da atividade;

"Foi muito gostoso, eu gostei mesmo, e a minha parte preferida foi a pintura",

complementou.


(Foto de André Naves contando a sua hitória, ao fundo é possível ver o computador com os participantes do Zoom)

47 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page