top of page

Purim no chaverim

Purim, festa judaica que celebra a perseverança do povo judeu frente um de seus inimigos, aconteceu oficialmente nos dias 23 e 24 de março neste ano, mas foi comemorada em diversas atividades, em datas diferentes, pelo Grupo Chaverim.


(Foto de participantes e voluntários do Grupo Chaverim durante a oficina conjunta de Purim de Dança Israeli e Cultura e Música Judaica)


A primeira atividade temática de Purim foi no dia 19, terça-feira, onde as voluntárias das oficinas de Dança Israeli e Cultura e Música Judaica se uniram para fazer uma festa com música, dança, fantasias e, claro, muito aprendizado. Durante a oficina, os chanichim se fantasiaram e ouviram e representaram a história de Purim, com a presença e participação especial do Rabino Yonatan do Olami de Pinheiros.


A oficina conjunta foi híbrida e muito divertida, com um clima leve e festivo todos puderam aproveitar o momento, comer torta, salgadinho e sanduíche, além de dançar até cansar. Camila Trejger, voluntária da Oficina de Dança Israeli, no contou um pouco como foi esse momento para ela:


Participar da oficina de Purim foi muito divertido e especial! Dançamos, cantamos e encenamos a história de Purim. Eu acho que foi uma vivência importante para eles, permitindo que participassem das tradições judaicas e se sentissem pertencentes a um povo e uma comunidade. Foi incrível poder compartilhar esse momento tão especial para mim com eles.

(Foto da voluntária Camila Trajger com participantes do Grupo Chaverim)


A segunda atividade de Purim foi no dia 21, uma quinta-feira, durante a Oficina Gourmet. Os participantes também receberam personagens, mas dessa vez duas participantes, Vicki Tuchmajer e Chaja (Halina) Krybus foram escolhidas para representar rainhas e o rei, o participante Allan Zac Marcus, ficou responsável por escolher qual das duas fazia o melhor prato. Allan acabou escolhendo a comida preparada pela Halina, e todos os presentes puderam saborear ambas as refeições preparadas.


“Foi legal ter sido rei, gostei muito de ser o responsável por escolher o melhor prato. Nunca tinha feito algo assim antes”,

Nos contou Allan.


(Fotod dos participantes Allan Marcus e Halina (Chaja) Krybus vestidos de rei e rainha ao lado das voluntárias Sandra Helena Lazarini e Marina Grytz)


A oficina foi incrível e contou com vários elementos decorativos, além de fantasias para os participantes. A decoração de destaque foram as molduras feitas a mão de Rei Achashverosh, Rainha Ester e Haman, que permitiam que a pessoa encaixasse a cabeça para ‘’ser” o personagem.


Por fim, no dia 23, durante a atividade de final de semana, os participantes teatralizaram a história da festa de Purim. O participante Eduardo Rappaport contou toda a história da festividade e logo se separaram em 2 grupos: o primeiro ficou responsável pela confecção  dos figurinos e o segundo pela produção do roteiro. Eduardo ficou muito feliz em ter sido o escolhido para contar a história:

“Achei a atividade muito alegre, eu adoro a história de Purim. Falamos sobre a cidade, sobre a festa, sobre os costumes, sobre os personagens, o Haman… Eu não fiz nenhum papel no teatro, porque fui eu que contei a história”.

(Foto de participantes do Grupo Chaverim segurando o kit de Purim que receberam na atividade de final de semana)


Os próprios participantes definiram quais seriam os personagens do teatro: Ester, Vashti, Rei Achashverosh, Mordechai, Haman, as candidatas à rainha, o povo e embarcaram na proposta. Capricharam nos figurinos, feitos com tecidos e materiais de papelaria, e gravaram cena por cena para ao final terem a história completa, que posteriormente foi reproduzida e assistida por todos os presentes! Os participantes adoraram a atividade, principalmente terem sido parte do Teatro de Purim.


20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page