top of page

Grupo Chaverim faz visita guiada à Pinacoteca e Museu Judaico

Usuários do Chaverim participaram ativamente da visita e puderam interagir com as obras dos museus


O Grupo Chaverim participou de uma visita guiada à Pinacoteca de São Paulo, no sábado (15), onde conheceram diversas obras de referência na cultura brasileira, entraram em contato com a arquitetura histórica do local e interagiram com algumas artes.


Eles não só viram de perto como puderam ser a obra "O Mestiço", de Candido Portinari, ao colocar seus rostos numa moldura com as características do quadro.


A visita encerrou as atividades da parceria do Chaverim com a Pinacoteca que iniciaram em 2021, ainda no período de pandemia com oficinas online.

Além das maravilhosas obras de arte que fazem parte do acervo, o próprio edifício, construído há mais de século, é uma obra de arte em si. Passeando pelos corredores e revisitando algumas obras icônicas do nosso imaginário, passamos uma tarde memorável num dos pontos mais turísticos da nossa cidade, com muita conversa, muita diversão e muita arte. E estamos nos preparando para nossa terceira visita à Pinacoteca, que acontecerá no segundo semestre.

Diz Daniel Kronenberg, monitor do Grupo Chaverim que acompanhou todos os encontros com a Picacoteca.


Os educandos da instituição ficaram felizes em poder ver de perto algumas das obras que trabalhamos nos encontros e também puderam vivenciar a vinda ao museu depois de três anos de reclusão. Foi um momento muito importante para todos nós.

Diz Margarete Oliveira, assistente de coordenação da Pinacoteca do Estado de São Paulo.





Os participantes também visitaram o Museu Judaico de São Paulo, onde ouviram uma contação musicalizada de história e, na sequência, visitaram a exposição de longa duração chamada "Vida Judaica", que trata de tradições da cultura judaica, festas e rituais ao longo da vida, e também puderam interagir com algumas obras.


A participação deles foi incrível. Assistiram à contação bastante animados e cantaram junto. Ao longo da visita, participaram o tempo todo junto à educadora e trouxeram informações para complementar a visita.
Foi um prazer recebê-los no museu e estar em contato com eles, sem dúvida, contribuiu para toda equipe de Educação & Participação. Costumo dizer que a mim interessa um museu vivo, acessível e com diversos públicos. Fiquei feliz com nosso encontro e já os espero para uma nova visita ao museu assim que desejarem.

Diz Mallu Frizo, coordenadora do núcleo de arte-educação do Museus Judaico.


Vejas as fotos das visitas


Keise Tiffany - Jornalista

Comunicação e Divulgação

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page